Sociedade Brasileira de Agrometeorologia

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Reunião do Grupo de Ensino e Treinamento em Agrometeorologia da WMO

E-mail PDF

foto homero wmo 

    Prof. Homero Bergamaschi em reunião do CAgM Focus Area 4, WMO - Bucareste, abril/2016.

    Mais detalhes em http://www.wmo.int/agm

 

Realizou-se de 12 a 14 de abril de 2016, em Bucareste (Romênia), reunião do Grupo CAgM Expert on Capacity Building in Focus Area 4, da Divisão de Meteorologia Agrícola da Organização Meteorológica Mundial (WMO). A mesma foi coordenada pelo Dr. Robert Stefanski (USDA, EUA) e pela Dra. Federica Rossi (Univ. Bologna, IT), respectivos chefe e subchefe do Agricultural Meteorology Programme da WMO.

O objetivo principal da reunião foi dar início à elaboração de um "guia" sobre educação e treinamento em Agrometeorologia, na seguinte sequência de tarefas: 1. Revisar o documento WMO N° 258, de 2009: Guidelines for the education and training of personnel in meteorology and operational hydrology. Volume I. Supplement 2: Guidelines for Curricula in Agricultural Meteorology, de 2009. A elaboração deste documento teve início em 2007, em Nova Délhi, com participação do Prof. Paulo C. Sentelhas da ESALQ/USP. 2. Transformar o documento WMO N° 258 num novo Suplemento, aos moldes da WMO 1083: Manual on the Implementation of Education and Training Standards in Meteorology and Hydrology Volume I – Meteorology, de 2012. 3. Fazer inventário sobre ensino (cursos formais e disciplinas) e treinamento em Agrometeorologia, nos países-membros da WMO. 4. Fazer o mesmo em livros-textos de Agrometeorologia. 5. Recomendar livros-textos em Agrometeorologia.

O Prof. Homero Bergamaschi (UFRGS, Porto Alegre) participou da reunião, como representante do Brasil no subgrupo de "educação", com recursos da WMO. Durante o encontro, ele apresentou o tema Agricultural Meteorology in Brasil: current situation and perspective for teaching, research, and extension, baseado na palestra que fez no XIX CBAgro de 2015, em Lavras-MG.

Seguindo a agenda estabelecida, o Prof. Bergamaschi já enviou ao CAgM Focus Area 4 relatórios sobre inventários dos atuais cursos que exigem o ensino de Agrometeorologia no Brasil, além da relação de disciplinas contidas em alguns dos principais cursos de graduação, mestrado e doutorado, no Brasil. A tabela abaixo resume a quantidade de cursos de graduação, no Brasil, em que o ensino de Agrometeorologia é obrigatório. Observa-se que ela se consolida nas Ciências Agrárias, onde se iniciou, mas já aparece em outras áreas afins. Isto representa um vasto mercado de trabalho para docentes qualificados em Agrometeorologia, mas que, em muitos casos, está sendo ocupado por especialistas de outras áreas.

Cursos

Quant.

Disciplinas em

Fontes

Agronomia

288

Agrometeorologia e Climatologia

CONFEA, 2015

Engenharia Agrícola

18

Meteorologia e Bioclimatologia

SBEE

Engenharia Florestal

73

Meteorologia e Climatologia

SNIF

Zootecnia

82

Agrometeorologia e Climatologia

UOL/Folha SP, 2014

Meteorologia

10

Agrometeorologia

ABZ

Engenharia Ambiental

216

 

MEC, 2015

 

Alternative flash content

To view this Flash you need Javascript on your browser and updated version of flash player.